LinkedIn #1 – Pedidos de conexão

Hoje em dia é inquestionável a utilidade do LinkedIn. Esta plataforma representa uma das ferramentas mais úteis, não só para quem procura emprego, como também para quem gosta de se manter a par das tendências de mercado e actualizado sobre os assuntos mais relevantes do momento a nível profissional. Um dos passos mais importantes para quem é novo na plataforma, é a criação de uma boa rede de contactos profissionais. Estes contactos representam o ponto de partida para a criação de uma presença online sólida e vantajosa.

De forma a fazer notar a sua presença nesta plataforma, é importante abordar o profissional com um bom pedido de conexão.

Vamos pensar em contextos reais: quando recebe um convite de conexão de uma pessoa que não tem fotografia e no local onde deveria aparecer a posição/emprego não aparece nada ou então “…”, dá-se ao trabalho de clicar no perfil? Aceita esse convite? Vai voltar a contactar essa pessoa?

Se calhar não.

Ao enviar um simples pedido de conexão, temos a oportunidade de chamar a atenção para o nosso próprio perfil. Recordamos que o objetivo do LinkedIn é criar conexões com outros profissionais, benéficas para ambas as partes. Assim, é importante que no momento em que a pessoa recebe o convite sinta vontade de abrir o seu perfil e saber mais sobre si (experiência profissional, competências, etc.). Nessa situação, o que é visto primeiro? A fotografia e título da posição.

Assim, damos algumas dicas para optimizar a possibilidade de aceitarem o seu pedido de conexão:

1. Escolha uma fotografia com aspeto profissional

No momento da escolha da foto, opte por uma que tenha um fundo neutro e boa iluminação. Selecione idealmente uma fotografia dos ombros para cima. Relembramos que, pelo menos atualmente, a formato da foto de perfil é redondo pelo que se deve ter isso em consideração.

Evite fotografias em que está com outras pessoas, ambientes demasiado informais, fotos de corpo inteiro, etc.

 2. Defina um título para a sua posição / ou o que procura

Escreva a sua posição/cargo de forma sucinta e realista. É importante que ao ler esse título a pessoa que esteja a ponderar clicar no seu perfil saiba o que faz.

Caso esteja à procura de novas oportunidades, coloque o nome da posição que procura. Evite o tradicional “à procura de novas oportunidades” ou o terrível “desempregado em desempregado”. Poderá colocar essa informação na sua descrição. Mas deixemos esse tópico para outro artigo.

 3. Escreva uma mensagem

Acompanhe o seu pedido de conexão com uma pequena mensagem. O LinkedIn dá-lhe essa opção, portanto aproveite! Escreva uma mensagem simples e curta. Esta poderá ser de dois tipos:

  • Solicitação de conexão “Caro, X, o meu nome é Y. Caso lhe possa ser útil, disponha. Desejo-lhe a continuação de uma boa semana“.
  • Objetivo específico: “O meu nome é X e temos uma oportunidade na área de Y que o/a poderá interessar. Gostaria de ter a oportunidade de lhe falar sobre a posição. Obrigado e boa semana

Não se esqueça de enviar uma mensagem de agradecimento sempre que os seus pedidos de conexão são aceites. Esta mensagem deve ser curta e sucinta. Por exemplo: “Caro X, agradeço por ter aceite o meu pedido de conexão. Se lhe puder ser útil, disponha. Continuação de uma boa semana”,

O LinkedIn é uma ferramenta profissional muito útil quando bem utilizada!
Utilize-a de forma ponderada e inteligente!

Já agora, aproveite para passar pela página da nossa empresa 😉